RISCOS PARA FUMANTES PASSIVOS.

 

# Bebês: o risco de desenvolver doenças pulmonares até 1 ano de idade é proporcional ao número de fumantes em casa. Além disso, bebês expostos à fumaça do tabaco têm risco 5 vezes maior de sofrer a Síndrome da Morte Súbita Infantil (morte súbita sem causa aparente).

 

# Crianças: além de aumentar o risco de doenças respiratórias como pneumonia, bronquites e asma, o fumo passivo aumenta a frequência de resfriados e de infecções do ouvido médio.

 

# Adultos: o risco de apresentar doenças relacionadas ao tabagismo é proporcional ao tempo de exposição à fumaça. De uma forma geral, adultos expostos ao fumo passivo têm 30% mais chances de desenvolver câncer de pulmão e um risco 24% maior de sofrer infarto do coração.

Saúde é mais que modinha